Buscar

Votação histórica mostra o espírito público dos servidores do Instituto do Meio Ambiente de SC

Em Assembleia Geral conjunta entre o Sindicato dos Trabalhadores do Serviço Público Estadual de Santa Catarina (SINTESPE) e Associação dos Servidores do Instituto do Meio Ambiente de Santa Catarina (ASSIMA), realizada na última sexta-feira (09/07/2021), os servidores do IMA rejeitaram a proposta para substituir a implementação do Plano de Cargos, Carreira e Vencimentos - PCCV previsto no Art. 15 da Lei de criação do Instituto (17354/2017), por uma gratificação salarial.


A proposta de substituição foi feita pelo Negociador Executivo de Negociação e Relações de Trabalhos da Secretaria de Estado da Administração, Décio Augusto Bacedo de Vargas, mesmo sendo de conhecimento público a orientação do alto escalão do Governo do Estado para implementação do PCCV do IMA.


Os Servidores e Servidoras do IMA ratificaram seu espírito público ao refutar a proposta, pois a consideraram imediatista e desacompanhada de um propósito estruturante para o órgão. Segundo a presidente da ASSIMA, Elaine Zuchiwschi, os servidores do IMA foram enfáticos em reprovar a proposta de gratificação com mais de 95% (166 votos) do total dos votos, mesmo sabendo que as negociações da gratificação poderiam ser concluídas em até duas semanas.


Ainda segundo a Presidente, esse posicionamento demonstra todo o comprometimento dos servidores com a instituição e com a sociedade catarinense. Apesar de legítima a busca por melhorias salariais, os servidores sabem que apenas um benefício imediato, desconectado de ações estruturantes de grande envergadura do IMA não será suficiente para melhorar os serviços prestados pelo órgão de longo prazo, mantendo um ciclo vicioso de ineficiência. Vamos continuar em busca do PCCV, conclui a servidora.


A Assembleia chamada pela Associação se manteve aberta e será retomada no dia 16/07, após nova rodada de negociação junto à Secretaria de Estado da Administração (SEA).






291 visualizações0 comentário